Compartilhar no Whatsapp

Matéria

 

Voltar Voltar

 

A importância do manejo da água para a bovinocultura

A água e um insumo de grande importância para o sucesso da produção de bovinos, tanto de corte quanto de leite, por isso ela deve ser ofertada tanto em quantidade quanto em qualidade para os animais. Porém deve-se fazer um manejo correto da mesma, para conseguir saciar os animais e ainda realizar a limpeza das instalações utilizadas por eles.

 

A frequência de consumo de água está correlacionada com o tipo de alimento. Por exemplo, para vacas de cria a pasto com água disponível (próxima e de fácil acesso), o consumo de água geralmente é de 2 a 5 vezes ao dia. Enquanto animais em sistema de confinamento, com água de boa qualidade disponível, o consumo de água é feito por diversas vezes no decorrer do dia, principalmente com temperaturas acima de 20ºC. Contudo também existem variações expressivas na quantidade de ingestão de água, relacionadas principalmente à temperatura e à raça do animal, sendo que os taurinos consomem aproximadamente 10% a mais de água que os zebuínos.

 

Nesta ótica, animais que não consomem quantidades suficientes de água podem desenvolver os mais diversos problemas sanitários, o que resulta em prejuízos na qualidade da carne e também perdas econômicas. 

 

Portanto a água é um insumo produtivo proveniente da natureza, por isso é de suma importância à preservação e conservação, para a garantia de quantidade e qualidade. Este assunto é de grande importância, porém é abordado sem a devida relevância, de tal modo é necessário que o manejo hídrico se torne uma prática cotidiana, assim como o manejo nutricional, reprodutivo e sanitário.  

 

Data: 11 de Outubro de 2018
Cidade: Ji-Paraná/RO

 




Galeria

A importância do manejo da água para a b...

11 de Outubro de 2018

Ji-Paraná